Luiz Gastão Bittencourt da Silva

Por Luiz Gastão Bittencourt da Silva Os maiores campeões da história do tênis

Vamos conhecer os grandes jogadores da história

Luiz Gastão Bittencourt da Silva 5
Luiz Gastão Bittencourt da Silva 5

Vamos ver os grandes feitos da história

A história do tênis não se resume a dois ou três jogadores, mas há uma lista extensa a qual você conhecerá agora os maiores deste lindo esporte de raquete e bolinha. Vale realmente a pena assistir os jogos pela TV e se possível ao vivo e a cores. É uma honra e um prazer ver jogadores como Rafael Nadal, Roger Federer, entre outros. Vamos conhecer agora um pouco da biografia e grandes feitos destes tenistas.

Rafael Nadal

Ele é o rei do saibro, pois venceu 9 torneio dos 12 disputados em Roland Garros com um incrível aproveitamento de 97%. Ele teve outros grandes feitos como dois campeonatos de Wimbledon em outro tipo de quadra que é a grama, e outro na grama sintética na Austrália. Ele é um jogador que sofreu com algumas lesões na carreira, mas sempre teve força para se superar.

Roger Federer

O maior vencedor do Grand Slam, o suíço Roger Federer venceu por 17 vezes torneios importantes do tênis mundial. Ele é um jogador com estilo agressivo e sobre bem para atacar, sendo assim, os seus números merecem menção de honra. Ele é um atleta que disputa com grandes outros atletas como Nadal e o sérvio Novak Djokovic. Os feitos do Federer é de tirar o chapéu.

Novak Djokovic

O sérvio é um grande tenista também. Venceu 12 Grand Slams e já venceu importantes torneios como Aberto da Austrália, Roland Garros, Wimbledon e Abertos dos EUA. Que tal ter US$ 101 milhões na conta bancária? Pois é, Djokovic tem – ele é o primeiro tenista a alcançar esta marca astronômica em premiação. Ele tem como maior qualidade a defesa, mas sabe atacar com maestria também.

Pete Sampras

Vamos voltar aos anos 90. O americano Pete Sampras foi vencedor de 14 títulos do Grand Slam e foi superado pelo Federer com 17 e está empatado com Nadal. Ele ganhou 7 vezes Wimbledon, mas não conseguiu vencer Roland Garros. Suas maiores características são saque e voleio com muita força.

Bjorn Borg

O sueco vencedor de 11 Grand Slams nas décadas de 70 e 80 foi um dos grandes gênios do tênis. Sem dúvidas Bjorn Borg foi uma lenda que merece ser lembrado. Ele se aposentou precocemente aos 26 anos. Uma pena que o mundo não viu mais partidas do Bjorn Borg.

Podemos citar outros grandes jogadores como o brasileiro Gustavo Kuerten (Guga), o alemão Boris Becker, o theco Ivan Lendl, André Agassi, Andy Murray, John MrEnroe e Jimmy Connors. É muito bom voltar ao passado e relembras de 40 anos atrás e rever as partidas destes gênios do tênis já dizia Luiz Gastão Bittencourt da Silva.

Tomara que o esporte consiga produzir mais e mais gênios nos anos que se seguem para o deleite dos fãs e desportistas. Com relação ao Brasil que um novo Guga possa surgir no cenário nacional para vencer um torneio como Roland Garros. Este é o desejo dos fãs do esporte.

Veja mais noticias compartilhadas por Luiz Gastão Bittencourt da Silva.